Notícias

Setor supermercadista acumula alta de 1,57%

302views

O setor de supermercados acumula alta de 1,57% de janeiro a fevereiro, na comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com o Índice Nacional de Vendas ABRAS, apurado pelo Departamento de Economia e Pesquisa da entidade nacional.

No mês de fevereiro, as vendas em valores reais – deflacionadas pelo IPCA/IBGE – apresentaram queda de -4,28% em relação a janeiro, e alta de 0,22% na comparação com o mesmo mês do ano de 2017.

Em valores nominais, as vendas do setor supermercadista apresentaram queda de -3,98% em relação ao mês de janeiro, e alta de 2,77%, quando comparadas a fevereiro do ano anterior. No acumulado do ano, as vendas cresceram 4,98%.

 

 

Para o presidente da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), João Sanzovo Neto, o ritmo de crescimento das vendas ficou um pouco abaixo do esperado, reflexo da deflação do IPCA Alimentos registrada em fevereiro (-0,33%), após duas altas consecutivas. “O resultado do mês também foi impactado pelo efeito calendário (fevereiro com 28 dias). Continuamos com a perspectiva de uma retomada nos preços de alguns alimentos de forma gradativa durante 2018, acima do índice do IPCA”.

 Abrasmercado

Em fevereiro, a cesta de produtos *Abrasmercado, pesquisada pela GfK e analisada pelo Departamento de Economia e Pesquisa da ABRAS, registrou queda de -1,82%, passando  de R$ 451,10 para R$ 442,88.

 

 

As maiores altas de preço no mês de fevereiro foram registradas nos produtos: cebola, ovo, leite longa vida e papel higiênico. Já as maiores quedas foram nos itens: batata, frango congelado, carne traseiro e biscoito cream cracker.

Confira a tabela abaixo:

Regiões (Abrasmercado)

Em fevereiro, todas as regiões brasileiras apresentaram queda nos preços. A maior queda foi registrada na Região Sudeste (-2,62%), chegando a R$ 423,45, impulsionada, principalmente, pela Grande São Paulo (-3,80%) e interior paulista (-2,76%).

*Abrasmercado não é a cesta básica, mas, sim, uma cesta composta por 35 produtos mais consumidos nos supermercados: alimentos, incluindo cerveja e refrigerante, higiene, beleza e limpeza doméstica.

 

Histórico Abrasmercado

Leave a Response